segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Tachos e panelas

(...)
"A questão bem poderá ser que o PS tenha entendido que nos tempos mais próximos não leva nada do eleitorado e assim, com estes atestados de bom comportamento, esperará levar alguma coisa por parte do poder. Há clientelas que não suportarão longas travessias do deserto."(...)

João Paulo Guerra

Enfim tudo se resume afinal em gerir mais tacho, menos panela,  para a clientela deserdada.

3 comentários:

  1. Cara Ariel
    Nem mais!
    Por acaso uma coisa que ainda não me tinha passado pela cabeça...
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. É isso que é dramático e altamente desmobilizador, Ariel... e depois de tantos anos "em alternância" é extraordinário assistir a esta constante reprodução dos erros ao ponto de continuarem a reclamar apoio do eleitorado...
    enfim...
    Beijinho

    ResponderEliminar