quinta-feira, 30 de junho de 2011

Sessão umbiguista

O Cirandando faz hoje um ano. Não há grande coisa a acrescentar à história de um pobre blogue que não aqueceu nem arrefeceu o vasto mundo blogosférico.  E ainda bem. Veio à luz do dia com o objectivo não confessado de disciplinar os neurónios da sua autora, que com a idade ameaçavam estiolar sob o  conforto do sofá e o aparvalhamento das séries televisivas. E aqui estamos prontos a cirandar mais um ano por aí. Saúdo e agradeço do fundo do coração a todos os amigos que por aqui passam. Saibam que a vossa companhia e comentários são  preciosos. 
E agora vou parar de olhar para o umbigo e convidar-vos para um brinde e uma fatia de bolo feito especialmente para o happening, num ambiente luxuoso como é do gosto cá da casa. É que como dizem os nossos irmãos brasileiros, o povo gosta de luxo,  quem gosta de miséria é intelectual...

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Pois, a Europa....


A economia  alemã deverá crescer 4% em 2011 e igualar a marca de 1991.
A economia  alemã deverá crescer 4% em 2011 e igualar a marca de 1991.
A economia  alemã deverá crescer 4% em 2011 e igualar a marca de 1991.
A economia  alemã deverá crescer 4% em 2011 e igualar a marca de 1991.
A economia  alemã deverá crescer 4% em 2011 e igualar a marca de 1991.
A economia  alemã deverá crescer 4% em 2011 e igualar a marca de 1991.
A economia  alemã deverá crescer 4% em 2011 e igualar a marca de 1991.

Reina a calma em toda Europa!

Perceberam?

Uff!

terça-feira, 28 de junho de 2011

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Zonas

Bazaruto, Moçambique


Descobri um novo jargão muito utilizado por colunistas da moda, bloguistas bem falantes e cronistas de sucesso. Por tudo e por nada lá vem ele em forma de  recomendação, de apelo, de sugestão:  "recomendo que saiam da vossa zona de conforto; fulano e beltrano têm de se habituar a sair da sua zona de conforto; está tudo muito bem, mas ninguém se dispõe a sair da sua zona de conforto; a crise aí está em todo o seu esplendor, vai ser necessário sairmos da nossa zona de conforto"...and so on. Já estou pelos cabelos de tanta zona de conforto e estou firmemente decidida a deixar correr o marfim, porque não há nada mais aliciante do que a dita zona de conforto,  o que quer que isso seja. Afinal de contas não há cão nem gato que não tenha a sua zona de conforto, porque diabo hei-de eu dispensar a minha?

domingo, 26 de junho de 2011

Há domingos assim...



Para ajudar a suportar esta onda de calor,  Heat Wave por Ella Fitzgerald. Tenham um excelente domingo.

sábado, 25 de junho de 2011

Porque hoje é sábado



Na ressaca dos folguedos  São Joaninos, apetece este refrescante I Cried for You por Helen Humes e a Orquestra de Count Basie. Desejo a todos um excelente fim de semana.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

quarta-feira, 22 de junho de 2011

É Verão

Picasso, Figuras à beira mar 


A boca,

onde o fogo
de um verão
muito antigo

cintila,

a boca espera

(que pode uma boca
esperar
senão outra boca?)

espera o ardor
do vento
para ser ave,

e cantar.

Eugénio de Andrade

terça-feira, 21 de junho de 2011

Dia de Assunção

Depois das cenaças com o cavaleiro da triste figura, os deputados elegeram Assunção Esteves Presidente da Assembleia da República com 186 votos a favor 41 votos brancos e 2 nulos. O PSD consegue assim secundarizar  a nobilerrima derrota da véspera, e oferecer  uma lufada de ar fresco ao hemiciclo.

A noite das facas longas....


Cai a máscara ao Bloco.  Um saco de gatos condenados à marginalidade, pelo menos enquanto não estriparem o Trotskyismo Louçaneiro e o Estalinismo Fazendeiro.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Solilóquios (34)

Estou tão aborrecidinha, já não se pode confiar nas  pitonisas, a tradição já não o que era...

Tarde piaste



"Não quis fingir que havia uma negociação que não havia e que os partidos que fingiram não fizeram” mas no entanto "se fosse hoje, veria com outros olhos essa reunião”... a decisão do partido foi “mal compreendida”, tendo “prejudicado” os resultados do BE nas últimas Legislativas....
  
Uma cambada de asnos estes eleitores, só à martelada....

sábado, 18 de junho de 2011

Porque hoje é sábado



Com o Verão a bater-nos à porta dificilmente encontraria melhor expressão musical para lhe dar as boas vindas que este Summertime na voz da superlativa Ella.  Desejo a todos um excelente fim de semana.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Oráculo


"Eleições dos órgãos internos da Assembleia da República, com excepção da do Presidente da Assembleia, em que os Partidos têm compromissos prévios, ou dos órgãos a ela externos em que deva fazer representar-se, assegurando uma adequada representação de ambos." aqui no acordo -  (eleição do futuro Presidente da Assembleia da República).

Depois de consultar a bolinha de cristal tenho por certo  que a bancada parlamentar do CDS/PP  não irá a chumbar a nobre criatura,  iam lá dar de mão beijada à oposição o gozo supremo de uma derrota do seu partenaire...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Vamos ver-nos gregos...

 Comedores de batatas, Van Gogh

Aproxima-se a grande velocidade um tsunami grego que nos irá engolir a todos...., os crentes sempre podem rezar, os outros nem esse consolo terão. Perante esta perspectiva, discutir se o Nobre vai a ministro ou a Presidente da Assembleia da Republica só me pode dar vontade de rir, para não chorar....

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Ou estás caladinho......

"Foi uma reacção deslocada: o artigo de opinião era sobre o candidato e não sobre o Presidente - fica mal a um democrata confundir as duas coisas"

A procissão já está em marcha...., se tivesse sido o outro, o mau, enfim o anti-cristo, já teríamos sido bombardeados até à náusea pela crespológica imprensa de referência, com as aberturas de telejornal ao despique a ver quem rasgava a vestes com mais estrondo. Mas é bem feito, o nosso jornalismo não merece melhor.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Escapismo (1)

Alberto Giacometti, Table Surréaliste, 1933

 
Já se viram homens a tentarem ser delicados
com uma for na mão direita.
E já se viram outros homens
a tentarem ser delicados
com um martelo. E ambos os métodos falharam.

Goncalo M. Tavares, Canto IV, 55, Uma viagem à Índia

segunda-feira, 13 de junho de 2011

I lombardi



"O Signore dal tetto natìo", Giuseppe Verdi , I lombardi alla prima Crociata

Os italianos estão finalmente a acordar de um pesadelo.

Ai que lindo manjerico

Em dia de Santo António e  da ressaca das marchas populares e da sardinha assada, faço link para as notas de fim de semana do JM Correia Pinto no Politeia.
Se conselho fosse bom, ninguém dava, vendia.........? não sei não...

domingo, 12 de junho de 2011

sábado, 11 de junho de 2011

Porque hoje é sábado



Sarah Vaughan - Vocals
Johnny Veith - Piano
Gus Mancuso - Bass
Eddy Pucci - Drums

Desejo a todos um excelente fim de semana.


sexta-feira, 10 de junho de 2011

10 de Junho



Descalça vai para a fonte
Leonor pela verdura;
Vai fermosa, e não segura.

Leva na cabeça o pote,
O testo nas mãos de prata,
Cinta de fina escarlata,
Sainho de chamelote;
Traz a vasquinha de cote,
Mais branca que a neve pura.
Vai fermosa e não segura.

Descobre a touca a garganta,
Cabelos de ouro entrançado
Fita de cor de encarnado,
Tão linda que o mundo espanta.
Chove nela graça tanta,
Que dá graça à fermosura.
Vai fermosa e não segura.

Luiz Vaz de Camões

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Eu é que sou o presidente da junta



"Barack Obama, disse que “seria desastroso assistir a uma espiral descontrolada do default  na Europa, porque teria um conjunto de outras consequências” e instou a Alemanha a alargar o apoio financeiro à Grécia."

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Grande

Jorge Semprún (10/12/1923 - 07/06/2011)

"Creio que Jorge Semprún viveu não como testemunha mas como protagonista os grandes tumultos históricos do século XX, lutou contra o fascismo, foi militante da resistência e teve a experiência atroz dos campos de concentração, viveu a ilusão comunista e as grandes fracturas do comunismo quando se revelaram os campos de concentração, Gulag, participou na tentativa da experiência euro comunista e foi purgado pelo comunismo estalinista” -  Mário Vargas Llosa .

"Desapareceram as testemunhas do extermínio, ainda há mais velhos que eu, mas não são escritores”, dizia, em 2000, numa entrevista ao “El País”. E recordava. O odor a carne queimada. “Esse cheiro vai-se comigo como se foi com os outros - Jorge Semprún

"A Espanha foi pouco generosa com Semprún”, admitia, ontem, César António Molina, antigo ministro da Cultura de Rodriguez Zapatero. E assim foi. A heterodoxia de Semprún, o seu cosmopolitismo, sempre suscitou reparos na esquerda espanhola. Como os seus êxitos".


Berloques


É sempre  preferivel um mau original a uma boa cópia, e no caso nem boa é. É lamentável que o freirático Louça não tivesse tirado as conclusões que se impunham na noite das eleições. Mas isto não é democrata quem quer, é quem pode.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Estilhaços "à la Khan"

Estas não matam mas moem,  à la Khan, diz ela. E logo agora que ele estava a querer ser tão  bonzinho com o PS....

A bactéria alemã



Afinal não serão ainda os rebentos teutónicos os responsáveis pela epidemia. Acho uma certa graça aos infalíveis germânicos andarem literalmente à procura da rolha, depois de com a sua irresponsabilidade arrogante, terem lançado na ruína a  horto-fruticultura espanhola  e no desemprego milhares de trabalhadores de um dos PIIGS. Uns queridos.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Na hora da derrota

Álvaro Cunhal, desenhos da prisão

Agora que a direita concretizou o seu velho sonho,  - um presidente uma maioria e um primeiro-ministro -, irá finalmente desmantelar o  que resta do Estado Social e vender Portugal em outsourcing. Cavaco (lembram-se do inenarrável discurso no dia das eleições presidenciais?) governará por mais quatro anos pela mão do aluno esforçado Pedro Passos Coelho. Não ficará pedra sobre pedra.  Foi assim que os portugueses decidiram. 

Na hora da derrota clamorosa da esquerda, ainda estou a digerir a eleição de um deputado do PSD por Beja. Deve ser a isto que Jerónimo de Sousa chama uma grande vitória. Até amanhã camaradas.

domingo, 5 de junho de 2011

Solilóquios (33)


"Não devemos temer o julgamento da História."
"Não quero a companhia nem do ressentimento nem da amargura".
(José Sócrates na hora da despedida)

  
"Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos. Mas o verdadeiro grande homem é aquele que faz com que todos se sintam grandes."

(Gilbert Keith Chesterton)

Há domingos assim...

A Última Nau

Levando a bordo El-Rei D. Sebastião,
E erguendo, como um nome, alto o pendão
Do Império,
Foi-se a última nau, ao sol aziago
Erma, e entre choros de ânsia e de pressago
Mistério.

Não voltou mais. A que ilha indescoberta
Aportou? Votará da sorte incerta
Que teve?
Deus guarda o corpo e a forma do futuro,
Mas Sua luz projecta-o, sonho escuro
E breve.

Ah, quanto mais ao povo a alma falta,
Mais a minha alma atlântica se exalta
E entorna,
E em mim, num mar que não tem tempo ou spaço,
Vejo entre a cerração teu vulto baço
Que torna.

Não sei a hora, mas sei que há a hora,
Demore-a Deus, chame-lhe a alma embora
Mistério.
Surges ao sol em mim, e a névoa finda:
A mesma, e trazes o pendão ainda
Do Império.

Fernando Pessoa, in Mensagem, edição Fernando Cabral Martins, Assírio & Alvim

sábado, 4 de junho de 2011

Porque hoje é sábado



O simples facto  de ter acabado a campanha eleitoral faz-me suspirar de alívio. Por pouco tempo. Segunda-feira começa  novo pesadelo e desta feita sem prazo de fim à vista. Por isso vamos  aproveitar enquanto a depressão e a crise não nos consomem de vez.
Fiquem bem acompanhados de Nina Simone e deste delicioso vídeo. Desejo a todos um excelente fim de semana.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

A arte de ser português

 Souto Moura prémio Pritzker 2011

"Como Jefferson Souto Moura passou a sua carreira não apenas a redefinir as fronteiras da sua arte, mas a fazê-lo de maneira que serve o bem público".

"Portugal é um país em viagem". "Em África e noutras economias emergentes não nos faltarão essas oportunidades. O futuro é já aí".

Rien ne va plus....

 "Há homens que já nascem póstumos"
  Friedrich Nietzsche

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Citações


"O maior castigo para aqueles que não se interessam por política, é que serão governados pelos que se interessam.” Arnold Toynbee

Sofia Areal



Exposição de pintura e desenho da última década,  na Galeria  Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, até 26 de Junho.

Visitas orientadas nos próximos dias 5 Junho, 15h00, e 26 de Junho, 16h30. A entrada é livre. Eu gostei.