segunda-feira, 4 de junho de 2012

"O bom alemão"



"A Alemanha destruiu-se - e à ordem europeia - duas vezes no século vinte, e depois convenceu o Ocidente que tinha chegado às conclusões certas. Só desta maneira - reflectida vividamente no seu apoio ao projecto europeu - conseguiu a Alemanha consentimento para a sua reunificação. Seria simultaneamente trágico e irónico se uma Alemanha restaurada, por meios pacíficos e com a melhor das intenções, trouxesse a ruína da ordem europeia por uma terceira vez".


Ler o texto completo de Joschka Fischer



3 comentários:

  1. Pois talvez seja essa tragicomédia que iremos viver ou que já estamos a viver!

    ResponderEliminar
  2. O que aos alemães falta em ironia sobra em tragicidade!
    Beijinho

    ResponderEliminar