segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Pedalar os neurónios

Há polémicas que me deixam de cara à banda.



Circulou no passado fim de semana no facebook um texto de Alice Vieira, um verdadeiro tratado de estupidez reacionária, a propósito de lugares reservados a bicicletas, no Bairro de S. Sebastião da Pedreira, por parte da autarquia lisboeta.

Alice Vieira não é uma pessoa qualquer. Culta, é uma conhecida escritora  de literatura infanto-juvenil. Para meu espanto, o pedaço de asno que saiu da sua afiada pena, pretendia ter graça, infelizmente  só consegue ser patético. A argumentação é arrasadora, afirma a consagrada escritora, que vive no aludido bairro desde o tempo da segunda guerra mundial, e nunca viu passar uma bicicleta. Distraída? Não sabemos.

Partindo desta "evidência" cientifica, parte para considerações sobre a necessidade desta bizarria que é ter espaços dedicados a bicicletas, que "não passam lá", prejudicando assim o sagrado direito a todo o espaço ao automóvel.

Infelizmente, seguiu-se um debate acalorado com uma chusma de protestos por parte dos amigos da senhora, a maioria no mesmo tom, reclamando contra a falta de espaço para estacionamento dos seus popós, e agora, o tempora! o mores!, têm de o partilhar com meia dúzia de bicicletas.

À medida que ia lendo os comentários, de uma indigência confrangedora, a minha reação interior passou do espanto à indignação. Como é possível certa gente, muitas vezes lideres de opinião, demonstrarem uma ignorância tão pesada quando se discute novas formas de mobilidade? Não percebe esta gente que tudo isto se relaciona com a sustentabilidade das cidades no futuro? Que o futuro se prepara hoje, procurando educar e sensibilizar os jovens para os problemas do ambiente, sendo a mobilidade e os transportes um dos principais consumidores de recursos energéticos?

Há um mundo por descobrir na cabeça empedernida de certa gente..

2 comentários:

  1. As pessoas não param de nos surpreender...

    Saúdo o regresso deste Cirandando, de que só hoje me apercebi. :)

    ResponderEliminar