quarta-feira, 1 de junho de 2011

Leonard Cohen




Dance me to the end of love

4 comentários:

  1. Em moço, logo que passei de franganote a voz de galo, sinti-me Leonard por ter voz grave, compassada. Em público, que se ouvisse, não cantei nada. Mas sua voz em mim ficou, pelas palavras, sempre gravada... Merecido prémio.

    (sabe alguma coisa da candidatura de Lobo Antunes?)

    ResponderEliminar
  2. Ao que parece ficou pelo caminho.....

    ResponderEliminar
  3. Aquelas canções de LC provocavam-me pele de galinha. Ainda na penúltima vez que cá esteve o fui ver. Fui muito feiz, graças à celebérrima "I'm your man"
    CBO

    ResponderEliminar
  4. Ariel Querida
    Prémio bem merecido. Obrigado amiga por me fazeres lembrar de alguém que estava um pouco esquecido na minha memória.
    Beijinho

    ResponderEliminar