quarta-feira, 20 de março de 2013

A felicidade



Assinala-se hoje o Dia Internacional da Felicidade . Nesta onda global de dias disto e daquilo, confesso que este me agrada.  Lembrando Jorge de Sena e o seu poema da Felicidade:

"A felicidade sentava-se todos os dias no peitoril da janela

Tinha feições de menino inconsolável.
Um menino impúbere
ainda sem amor para ninguém
gostando apenas de demorar as mãos
ou de roçar lentamente o cabelo pelas faces humanas

E, como menino que era, 
achava um grande mistério no seu próprio nome."

2 comentários:

  1. A Felicidade, não o esqueçamos, é a coisa mais totalitária que existe. Mas só a Querida Ariel para a conectar em pontas, quando, no presente estado de coisas, poucos vêem ponta por onde se lhe pegue...

    Beijinho

    ResponderEliminar