segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Sweet Coffee


Este domingo como de costume não fui à praia, aliás, aos domingos raramente vou aonde quer que seja, a menos que haja um programa especifico para o dia. Levantei-me a meio da manhã, arrastei o pequeno-almoço para junto do portátil, dei uma vista de olhos às notícias, consultei a meteorologia para os próximos dez dias (é fatal), e fiz uma busca rápida no google para uma receita de polvo assado no forno que tinha em mente para o almoço. Devo dizer que  ficou delicioso, mas não vou entrar em pormenores gastronómicos. Ao fim da tarde resolvi ir à Bulhosa trocar o livro do Mário de Carvalho "O Homem do Turbante Verde", dado que o exemplar que tinha comprado trazia várias páginas em branco. Feita a troca sem problemas,  lá fui  até gelataria no Junqueiro, ritual que, ao contrário da praia, cumpro quase religiosamente todos os domingos. Sentada na esplanada,  sorvia o meu Sweet Coffee quando ele passou por mim, alto, bem enxuto de carnes, polo branco que lhe cobria as virilhas delineadas por uns calções de banho pretos justos, tipo de competição. Acompanhado da família, mulher e uma miúdita talvez dos seus cinco anos, brasileiros. Aleluia, pensei eu, se não fosse este belo exemplar do outro lado do Atlântico, quase me  convencia que era obrigatório o uso daqueles calções de banho horríveis a cobrir os joelhos, que agora se vê por todo o lado e que além de inestéticos, são pouco saudáveis. E ainda dizem que as mulheres é que são escravas de modas sem pés nem cabeça.

8 comentários:

  1. Pela densidade do texto
    e pela empolgante da narração
    cheguei a supor que por baixo do polo
    o tal... não trazia calção

    :))

    ResponderEliminar
  2. Que negócio é esse de mulher usando calção?
    Fiquei curiosa, sou brasileira e uso mini biquini, acho normal...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Cheguei a supor o mesmo, Rogério, ah ah ah

    :)))

    ResponderEliminar
  4. Mery

    Aqui o negócio não é mulher usando calção, é homem mesmo, o que eu acho horrivel porque é calção muito comprido e na praia acho que não tem jeito, não dá para apanhar sol e fica muito tempo molhado o que é mau para a saúde.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Desde que vi aquel capa da caras com o nosso Primeiro envergando uns garbosos calções verdes, que sonho ter uns iguais, mas em azul!:-)))

    ResponderEliminar
  6. Veja lá Carlos, olhe que o nosso Primeiro também tem uns azuis para a troca...:)))

    ResponderEliminar
  7. Ariel
    A moda nã gosto mais de usar aquilo com que me sinto bem, cai-se no ridiculo mas o importante é a moda. Os calções no minino ficavam-lhe bem?
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Uma perfeição Flor, ficavam a matar...

    :))

    ResponderEliminar