domingo, 21 de novembro de 2010

Luz verde à "camisinha"



A posição do Papa não é inovadora, mas é clarificadora, defende Feytor Pinto.

Seja! percebe-se mal é que  tenham permitido tanta confusão e dor entre os crentes e não os tenham esclarecido mais cedo.

Enfim, mais vale tarde que nunca.

12 comentários:

  1. "O Vaticano" não está assim tão tolerante.. :)

    ResponderEliminar
  2. A gente vai fazer de conta que sim, Jeune Dame...
    :))

    ResponderEliminar
  3. Querida Ariel :)
    ... ainda bem que teve a lúcida capacidade de síntese para escrever aquilo de que desisti antes de o tentar pelas razões que o comentário da Jeune Dame e a sua resposta bem elucidam...
    Obrigado!
    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  4. A Igreja está a chegar tarde demais a muitos lados... Transcrevo palavras a quem dou mais atenção que ao Papa: "É indiscutível que é um "volte face", com o qual rejubilo", disse D. Januário Torgal Ferreira em declarações à Agência Lusa, reconhecendo que a prática dos cristãos há muito assumiu essa opção em nome da responsabilidade e de princípios éticos e morais."

    ResponderEliminar
  5. Querida Ana Paula,
    De facto não é fácil abordarmos estes temas em que o Vaticano insiste em dizer, não dizendo, mas insistindo que sempre disse..., enfim é triste.

    Beijinho

    :)))

    ResponderEliminar
  6. D. Januário Torgal Ferreira é, felizmente, doutro campeonato, Rogério.

    ResponderEliminar
  7. D. Januário Torgal Ferreira disse que "é um estrondo, um volte face". Pelos vistos, para ele também foi inovadora e, conhecendo-o como conheço, de certeza que não está afazer fita...

    ResponderEliminar
  8. Assim mesmo, Ariel. Sem rodriguinhos. A menina está cada dia mais especialista em grandes sínteses! Parabéns.
    Beijinho
    :))))

    ResponderEliminar
  9. É verdade Malou, é de justiça lembrá-lo.

    ResponderEliminar
  10. Claro que sim Carlos, os fundamentalistas de serviço agora estão na onda do controlo de danos...

    ResponderEliminar
  11. Não sou dada a rodriguinhos, Maria do Sol,mesmo que tente é um esforço inglório, e olhe que às vezes bem falta me fazia ser mais diplomática...


    Beijinho
    :))

    ResponderEliminar