domingo, 7 de novembro de 2010

Oremos



"Os idiotas, de modo geral, não fazem um mal por aí além, mas, se detêm poder e chegam a ser felizes em demasia podem tornar-se perigosos. É que um idiota, ainda por cima feliz, ainda por cima como poder, é, quase sempre, um perigo.
Oremos.
Oremos para que o idiota só muito raramente se sinta feliz. Também, coitado, há-de ter, volta e meia, que sentir-se qualquer coisa."

Alexandre O'Neill, in "Uma Coisa em Forma de Assim"

4 comentários:

  1. Forte, directo ao assunto, sem rodriguinhos.

    Bom domingo, q. Ariel

    :)))

    [Já sei que hoje está "nerbosa". Também estou um niquinho! Como não vou lá, marquei trabalho...]

    ResponderEliminar
  2. Isto hoje é um depenar a ave até ao tutano, MdSol.....

    Beijinho

    :)))

    ResponderEliminar
  3. Bom gosto e contundência, querida Ariel :)
    Muito, muito obrigado por este resgate de alma antes de dormir.
    Beijinho :))

    ResponderEliminar